Viver, fazer, morrer – desfazer

Viver, fazer, morrer – desfazer

Quem presta atenção na maneira como mudamos nossa relação com o tempo nas últimas décadas deve ter percebido outro fenômeno. Com a aceleração exponencial com que estamos mergulhando no oceano tecnológico, nossa tolerância e paciência com coisas (antes) banais está...
Ocupe o presente

Ocupe o presente

É MUITO MAIS FÁCIL IMAGINAR O FIM DO MUNDO QUE IMAGINAR O FIM DA ORDEM ATUAL Michael Hardt Quais os sintomas de uma nova ordem? Sabemos o suficiente sobre os processos históricos para saber se estamos à beira de uma nova ordem, uma revolução? Certamente teríamos...
Design da Paranóia: as imagens do coletivo

Design da Paranóia: as imagens do coletivo

No século XVI, Giordano Bruno ampliou a teoria de Nicolau Copérnico de que a Terra não era o centro do universo, como pregava a Igreja Católica. Essa era uma mudança tão grande de paradigma que séculos se passaram até que suas ideias fossem, finalmente, aceitas. Foram...
Work4Change

Work4Change

Na virada cultural para a era da informação, a Educação, especialmente, tem passado por uma crise de identidade. A pergunta é simples: como fazemos a transição dos jovens para uma vida de trabalho que seja recompensadora? A resposta é complexa. Com a quantidade de...
Seremos coisas na internet das coisas?

Seremos coisas na internet das coisas?

ATÉ ONDE OS MILHARES DE SENSORES PODEM NOS DIZER O QUE REALMENTE IMPORTA? Geladeiras, mesas, quadros, aparelhos de som conectados. Isso sem falar de objetos em linhas de produção, despósitos, estradas e uma infinidade de outras possibilidades. Anunciada como tendência...
As algemas inteligentes da mobilidade

As algemas inteligentes da mobilidade

DEPENDEMOS DOS OBJETOS QUE INVENTAMOS PARA DEPENDER DE NÓS   Os instrumentos necessários para estarmos sempre conectados e alimentando nosso status na coletividade são muitos. Em termos de tecnologia, eles existem há milênios e servem muitas vezes também como...