Talvez

(2007, 23 de fevereiro) À esquerda de quem olha Acima de quem chora À luz de qualquer coincidência Sentado do lado direito Está alguém que não conheço Desumano, disforme, porém causal porém pronome que não há dizer, mas que dúvida não há Apenas incertezas E de tempo que valida sins e nãos percebe claros algos e se desfaz em meros caldos antes de tudo saber ou depois de tudo esquecer