Palestra

Data
Oct 16, 2010 4:24 PM (GMT)
Categoria
poesia
Autor
Rodrigo Franco

Lá estava ele, como a dizer que tudo que vivi não importa Lá estava e, da última porta, um grito que não o arrefeceu, sua prosa molhada empapuçada de realidade Seu púlpito-varanda de onde discursa seu latim; mais um grito e outro Das centenas de cadeiras lancei a minha mas continuava sentado em meu latim