Xícara

Data
Categoria
Autor

Hoje quebrei uma xícara, sentei e chorei Minhas dúvidas às dúzias todas elas quebravam infinitamente pelos desenhos do dragão de cerâmica escabrunhado indizível que me olhava curioso Seu vapor confortável Seu toque Levei a mão ao lábio por desejo Era sangue