Bagos

Data
Jun 13, 2020
Categoria
poesia
Autor
Rodrigo Franco

Indago Indulgência Roubo-me as exclamações e os bagos do mito ancestral que faz homens parecerem cavalos e não coices e não troças de se próprio mundo Um axioma etiquetado, bonitinho Na prateleira de seu prato fundo fundo