Pátria

Data
May 29, 2008 9:39 AM (GMT)
Categoria
poesia
Autor
Rodrigo Franco

Meu coração é patriota gane com força ao seu país ensimesmado pede ao seu cascalho pede por seu veio Ao seu seio seu emplastro Devo coleções de velharias Ando, ao meu passo; castro Rios de ouro babam níquel A textura viva de seu chão amado e o macio estalar da língua minha Vivo deitado em palma extensa de uma terra entreada por cercas e a benção do tempo Desse chão, veio No porvir ficou por linha o que há, o que não tinha